Storytelling na moda: 5 dicas para você aprender a contar histórias encantadoras



Os profissionais de comunicação de moda vivem um momento de grande demanda. Diferentes plataformas para vendas e promoções de todos os produtos associados à moda - roupas, acessórios, maquiagens, revistas etc. -, não podem mais se limitar a informar seus produtos tecnicamente: cor, tamanho e preço são insuficientes para descrever os produtos e pouco importantes quando o desafio é encantar o consumidor.


Contar histórias, ou construir um storytelling no jargão técnico internacional, é a onda do momento tanto para a comunicação corporativa quanto para a publicidade, passando pelas exibições de museus e releases de coleções. É uma competência fundamental para todos os profissionais da moda.


5 dicas para você criar um incrível storytelling sobre moda


Elimine os detalhes: todo storytelling eficiente, tem que ser veloz e de fácil entendimento. Se houver muitos elementos, pessoas, verbos e tempos, o leitor não vai se envolver. Seu público vai ser capaz de recontar, a outras pessoas, sua história.


"Dizem que ela escolhe as roupas mais básicas e as bolsas muito enfeitadas, que chegam a parecer até feias ou de mau gosto. É o clássico e o kitsch, tudo ao mesmo tempo."

Não conte histórias com moral da história: cada um tem seus valores muito pessoais e a história deve ser uma narrativa com início e fim em si mesma. Seu público não vai achar que você quer mudar a cabeça dele e vai apreciar isso em você e na sua marca.


"Roupas curtas e decotadas, assim como longas e fechadas, podem ser incríveis. Depende do produto e depende de você, que deve combinar perfeitamente com a roupa que escolheu."

Mantenha seu segredo até o final: deixe alguma coisa sem contar até o fim da história. Seus leitores vão se manter firmes por querer saber como termina a história.


"Eu prefiro sutiãs sem bojo porque uma vez, há algum tempo, tive um acidente com um arame. Daqui a pouco você vai saber a razão, mas já adianto que ainda não sei dizer se foi trágico ou engraçado."

Sugira aspectos visuais: principalmente na moda, é importante que aquela história tenha uma aparência; então, dê alguns detalhes descritivos. Seu público poderá "ver" o que você está falando.


"E lá na vitrine estava aquele sapato, tão incrível, como eu nunca tinha visto antes. Uma tira fina ia do decote à altura do tornozelo e, enganchada com outra transversal, se prendia ao pé. Mas o detalhe ficava por conta do penduricalho da fivela que balançava quando eu andava."

Conecte sua história com algo fora dela: não fale só sobre seu produto ou sua marca. Vincule-os a outras histórias, outros criadores e outros tempos. Isso vai ajudar a fixar sua história e mantê-la na cabeça das pessoas.


"E a nossa coleção, que já está disponível nas lojas, traz diversos modelos de legítimos jeans muito justos e sedutores. Lembram, sem dúvida, a dupla inesquecível formada por Brook Shields e Calvin Klein."

Se você quer aprender a escrever histórias inesquecíveis sobre moda, participe do curso online Escrevendo matérias sobre moda. São 4 aulas com 1h30 de duração cada e você será estimulado a produzir conteúdos autorais e criativos sobre moda.




INSCREVA-SE NO SITE

  • Facebook
  • download
  • download (1)
  • Pinterest
  • Instagram

PENÉLOPE BIBLIOTECA DE MODA

Rua Rui Pinto, 85 São Paulo SP 05624-100

CNPJ 24.055.203/0001-43

São Paulo - BR - 05624100

e-mail: hello@fashion-for-future.com

A entrega dos produtos é imediata pelo site assim que o pagamento for processado.