O que é alta costura?


Paris: A capital da alta costura


Se você cria roupas para festa, não significa que está fazendo "alta-costura". Entenda esse conceito tão importante para a moda.


Embora a origem da alta-costura esteja associada a Maria Antonieta, foi Charles Worth que estabeleceu os principais parâmetros desse modelo de criação e negócio de moda. Basicamente, Worth revolucionou o entendimento de moda no século 19, ao criar modelos exclusivos e totalmente feitos à mão. Desfilados em sua House (Maison, en francês), eles eram adquiridos por clientes de muito prestígio que podiam fazer algumas adaptações a essa criação única. Esse sistema foi copiado por muitos criadores que os sucederam e, então, a alta-costura estabeleceu-se em Paris como um sistema de regras que deveria ser estritamente seguido para poder comercializar produtos e apresentar-se como uma Casa de Alta Costura.


O padrão da Alta Costura, assim, estabelece, por exemplo, que cada criador deve apresentar um número mínimo de peças a cada estação que desfilada na Semana de Alta Costura em Paris. Todas as peças devem ser exclusivas e devem ser inteiramente feitas a mão, cada ateliê de Alta Costura deve ter um mínimo de funcionários, produtos paralelos, como perfumes por exemplo, devem obrigatoriamente ser desenvolvidos a cada ano entre outras tantas exigências. As duas mais importantes, contudo, são o fato de as peças serem feitas a mão e o fato da casa estar estabelecida em Paris.


Por essas razões, quando em qualquer lugar do mundo produzimos peças "de luxo", não podemos chamá-las de Alta Costura. Fazer roupa de festa, ter um ateliê, criar roupas exclusivas e assim sucessivamente, não nos torna uma casa de Alta Costura imediatamente.


Estima-se que em todo o mundo, existem apenas 4 mil clientes de Alta Costura, que são pessoas pertencentes às famílias reais europeias e árabes e empresários históricos riquíssimos. Um look total de Alta Costura, pode ter requerido 6 mil horas de trabalho direto, desde a criação, passando pela execução, prova, acabamentos, bordados etc. Normalmente, um vestido pode custar entre 50 e 300 mil dólares.


Se você gosta de nosso conteúdo e quer ter mais conhecimento sobre moda, assine nossa plataforma.




INSCREVA-SE NO SITE

  • Facebook
  • download
  • download (1)
  • Pinterest
  • Instagram

PENÉLOPE BIBLIOTECA DE MODA

Rua Rui Pinto, 85 São Paulo SP 05624-100

CNPJ 24.055.203/0001-43

São Paulo - BR - 05624100

e-mail: hello@fashion-for-future.com

A entrega dos produtos é imediata pelo site assim que o pagamento for processado.