5 dicas para escolher onde estudar moda


Escolhendo seu curso de moda

A decisão pela moda como uma carreira profissional não costuma ser uma tarefa fácil, pois ela sempre é atravessada pela imaginação - de que a moda é uma profissão glamurosa -, e pela realidade - de que uma vez que são poucas as pessoas que chegam ao topo. Portanto, para a maioria das pessoas, a moda acaba sendo uma carreira difícil e com salários muito baixos.


Dentro desse cenário, sem dúvida nenhuma, o melhor é planejar uma carreira onde se encontre uma posição profissional promissora, sem que isso envolva necessariamente ser "famoso". É absolutamente possível encontrar esse lugar, tanto como empreendedor quanto como colaborador de empresas que considerem o designer, ou outros profissionais da moda, relevantes para as suas atividades. Com foco nessa posição, é possível unir a satisfação profissional com a retribuição econômica desejada.


Mas para chegar nesse lugar, o principal é fazer um trajeto acadêmico realmente sólido. Isso quer dizer que é necessário escolher um percurso e instituições que te auxiliem em alguns aspectos fundamentais: a construir um conhecimento que não seja pontual e perdure no tempo (evitando apenas o acúmulo de informações); a possuir uma referência reconhecida que sirva como ponto de partida (evitando instituições, escolas e cursos pouco valorizados); a desenvolver o domínio de competências técnicas (saber fazer as coisas; a diferenciar-se, criando sua identidade e valor únicos no mercado (investir na sua diferenciação); a comunicar-se e a enfrentar o mundo, evitando o conhecimento e o crescimento endógeno, isto é, aquele que só é aplaudido dentro do lugar onde você está, onde você nunca é testado fora desse ambiente.


Então, seguem os cinco testes que a faculdade ou curso de moda devem passar para você escolher estudar lá:


  1. O currículo ou programa: Antes de escolher um curso ou instituição, olhe o programa do curso. Ele precisa ter algumas características para ser bom: deve ter, pelo menos, metade da carga horária específica de moda; deve ter disciplinas que olham o futuro, como empreendedorismo, economia circular, sustentabilidade, diversidade, sistemas produtivos etc., e deve ter baixíssima carga horária de softwares e afins. Além disso, o estudante deve testar muitas linguagens, como desenho, fotografia, cinema, ilustração etc.

  2. Reconhecimento: Muitos instrumentos medem o reconhecimento de uma instituição, pois chegar no mercado com um diploma desvalorizado não é uma boa ideia. Para que uma instituição seja reconhecida, normalmente, ela tem história e tradição, excelente quadro docente e atividades de pesquisa e extensão. Não se deixe levar, apenas, pelo desfile do último semestre, pois isso tem um reconhecimento que acaba muito rápido. A instituição deve ter presença constante na sociedade e seus professores devem ser referência também. Para saber um pouco sobre isso, veja os eventos que a instituição participa e a menção que eles fazem ao seu corpo docente e discente.

  3. Competências técnicas: A instituição tem recursos para dar aulas na prática em número suficiente para atender a todos os alunos? Laboratórios de modelagem, estamparia, costura, fotografia, informática etc.? Sem recursos físicos, você não vai conseguir praticar e, portanto, não vai aprender.

  4. Diferenciação: Existe espaço para ser diferente? Olhe um pouco dos projetos do curso, veja se são diferentes e se é possível ser orientado por muitos professores com perfis únicos. Se a instituição só valoriza um tipo de projeto, dificilmente você vai conseguir ser singular e o estímulo para abrir sua mente será muito baixo. É importante estar em uma instituição que promove a diversidade, estimula o estudante a procurar outros cursos e docentes, a especializar-se em outro lugar.

  5. Enfrentar o mundo: Talvez um dos mais importantes quesitos seja esse. Muitas vezes, as instituições promovem eventos locais que não têm contato com o mundo exterior e, assim, quando o estudante deixa a instituição, nunca foi testado: sempre disseram que ele era bom e ele acredita. Participar de concursos, feiras, eventos acadêmicos, submeter artigos, inscrever-se em programas de trainees e estágios, candidatar-se a processos seletivos difíceis: você deve ser, todos os dias, apresentado a esses desafios. É o mundo exterior que vai validar tudo o que você está aprendendo e desenvolvendo.


INSCREVA-SE NO SITE

  • Facebook
  • download
  • download (1)
  • Pinterest
  • Instagram

PENÉLOPE BIBLIOTECA DE MODA

Rua Rui Pinto, 85 São Paulo SP 05624-100

CNPJ 24.055.203/0001-43

São Paulo - BR - 05624100

e-mail: hello@fashion-for-future.com

A entrega dos produtos é imediata pelo site assim que o pagamento for processado.